Menu fechado
Pacote de Artes para Corretor de Seguros editáveis com Canva

Fenacor promove o lançamento do IPR-Brasil

Em entrevista coletiva que contou com as presenças de representantes de 15 veículos da imprensa especializada, a Fenacor lançou, nesta quinta-feira (1º de dezembro), uma grande novidade para os Corretores de Seguros: a Infraestrutura Brasileira de Proteção a Riscos (IPR-Brasil) que, em breve, vai disponibilizar diversas soluções, ferramentas e plataformas tecnológicas para que o Corretor de Seguros possa estar preparado para as novas exigências do mercado, incluindo o Open Insurance.

Segundo o presidente da Fenacor, Armando Vergilio, com essas ferramentas, será possível acompanhar todo o ciclo de vida dos contratos de seguros, desde a contratação até o pagamento da indenização. “A intenção é oferecer soluções inteligentes e tecnologicamente viáveis para ajudar o Corretor de Seguros”, afirmou Vergilio, acrescentando que o primeiro lançamento será o da Central Única de Regulação do Pagamento de Indenizações, que dará todo o suporte ao Corretor no acompanhamento desse processo.

Em resposta aos jornalistas, Vergilio explicou que a adesão à plataforma será facultativa e o custo para acessar as ferramentas dependerá, basicamente, do volume de acessos e de utilização. “O Corretor de Seguros precisa ser o grande provedor de proteção securitária e financeira da população brasileira. E o profissional não pode ficar de fora dessa plataforma de última geração que iremos disponibilizar, e que o liberará para produzir seguros e diversificar sua carteira, inclusive atuando na área de investimentos.”, comentou o presidente da Fenacor.

Por sua vez, o vice-presidente da Fenacor, Manoel Matos, adiantou que os serviços eletrônicos serão progressivamente colocados à disposição do Corretor de Seguros, que serão, de fato, os proprietários dessas plataformas.

Ele revelou ainda que o IPR-Brasil terá três pilares.

A Escola Nacional de Seguros (ENS) cuidará da formação e reciclagem profissional do Corretor de Seguros.

O Ibracor fará o registro do profissional e, mais que isso, orientar o Corretor para a adoção de boas práticas de governança e de ética profissional.

Por fim, à Fenacor caberá “operar” a plataforma, com base nos dispositivos da Lei 14.430/22 e aderente às normas, padrões e procedimentos do Open Finance e do Open Insurance.

De acordo com o presidente da ENS, deputado Lucas Vergilio, a escola está pronta para oferecer toda a capacitação necessária para os Corretores interessados em acessar e aproveitar as vantagens trazidas pela IPR-Brasil. “Tão importante quanto a tecnologia, é a capacitação e o registro desses profissionais”, salientou.

Por fim, o presidente do Ibracor, Joaquim Mendanha, afirmou que esse projeto será vital também para difundir a cultura de seguros no Brasil.


Publicado em: FENACOR
[ Ler a notícia completa ]

3 Comentários

  1. Ruiz

    Pronto já sabemos como e quais corretore$ vai ganhar dinheiro com essa Lei 14.430!!! A FENACOR-$INCOR bem alertou cuidado com as fake news!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.