Menu fechado
Pacote de Artes para Corretor de Seguros editáveis com Canva

Profissional de seguros precisa desmistificar setor e fazer uso da tecnologia, declara Alexandre Camillo

No almoço realizado no Terraço Itália, São Paulo (SP), o superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Alexandre Camillo, apresentou dados do mercado, abordou a desmistificação do setor, uso de tecnologias, novidades da autarquia, desafios da Susep e de profissionais de seguros. Evento organizado pelo Clube Vida em Grupo São Paulo (CVG-SP), o segundo presencial na retomada “pós” pandemia, contou com a presença de associados, convidados, personalidades do mercado de seguros e resseguro.
A palestra sobre a Síntese Mensal, Camillo traduziu alguns dados e destacou o crescimento no setor. “Esses números de 2022, considerando que, no segundo semestre você tem uma arrecadação de prêmios tradicionalmente maiores, podemos ainda assim, com os números até este momento, prever, ou constatar, uma tendência para o crescimento mínimo neste ano de 6%”.
Para uma plateia interessada e atenta, o superintendente discorreu sobre questões que considera como desafios do setor. “É preciso, cada vez mais, democratizar o acesso ao seguro, e as ferramentas de tecnologia, que às vezes são mal compreendidas, podem cumprir muito bem esse papel, especialmente para aproximação da sociedade, do consumidor”.
Ao falar de tecnologia, Camillo convidou a todos para a webinar de lançamento do “Painel de Inteligência do Mercado de Seguros”, dia 7 de julho às 16h. A primeira webinar da Susep, sob sua gestão, terá como foco o novo sistema de busca de dados estatísticos do mercado de seguros, resseguros, previdência complementar aberta e capitalização.
Entre outros pontos abordados o superintendente também mencionou o prêmio Susep, Open Insurance, Open Bank, Sandbox, Sustentabilidade, resoluções preservando o consumidor, Covid-19, com destaque para o alerta quanto a necessidade do corretor de seguros se adaptar às novas tecnologias. Segundo Camillo, não adianta remar contra a maré, tem que se adaptar, entendê-las, e com isso poder ter um processo mais aderente a todas essas tendências, ao invés de ficar relutando.
“Porque a tecnologia é meio fruto do que você vai evoluindo, do que você vai se transformando, do que você vai absorvendo, a partir do seu novo comportamento, enquanto cidadão, enquanto SER… E o corretor de seguros é a voz do consumidor, é ele que faz e traduz essa leitura para a indústria, para a seguradora”.
Com mais de quatro décadas de experiência no setor, Alexandre Camillo é corretor de seguros, economista com especializações em gestão para administradores e em gerência de negócios de seguros; presidente da Camillo Corretora de Seguros e autor dos livros “Venda Evolutiva” e “Vendas Progressivas”. Nas principais entidades do setor, atuou como presidente do Sincor-SP, vice-presidente da Fenacor, na região Sudeste, e foi mentor do Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo (CCS-SP).
Após a palestra, Camillo foi homenageado pelo presidente e anfitrião do CVG-SP, Marcos Kobayashi, que compartilhou a mensagem destacada na placa. “Alexandre Milanese Camillo, honra-nos parabeniza-lo pela nomeação da Superintendência da Susep, certos da contribuição positiva, já desenvolvida e à valorização da instituição”.
Homenagem também a Rodrigo Bertacini, da Humana Seguros, pelo título de sócia parceira, por sua adesão ao quadro associativo do CVG-SP. “Naquele momento, há três anos e meio, que foi o momento que tive de tomar a decisão, de assumir a responsabilidade de tocar uma empresa que era presidida por Osmar, foi uma decisão muito difícil, desafiadora, mas que aconteceu naturalmente. E hoje, olhando para trás, eu sentando à mesa, com essas pessoas, ele, lá em cima, deve estar –  disse emocionado – muito orgulhoso, e encerrou com a frase “e para quem não me conhece… meu nome é Rodrigo Bertacini.
Frase de Rodrigo, em lembrança ao pai, foi eternizada no livro , “e para quem não me conhece… meu nome é Osmar Bertacini – A trajetória de um ícone do mercado de seguros”, por Carlos Alberto Pacheco, idealizada pela Revista Insurance Corp, Editora Incremento.
Da Redação – Por Edilene Mendonça
Foto: Alexandre Camillo, Superintendente da SUSEP ( crédito: William Anthony)
O post Profissional de seguros precisa desmistificar setor e fazer uso da tecnologia, declara Alexandre Camillo apareceu primeiro em Revista Insurance Corp | PT-BR.

[ Ler a notícia completa ]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.